O que é mudar o mundo?

Esta foi pergunta que recorrentemente veio a mim na ultima semana. Todos os dias refleti sobre ela. Acho que será uma pergunta que me vai seguir durante ainda algum tempo. Para mim mudar o mundo começa por mudar o meu mundo, mudar-me para aquilo eu que eu acredito e não vacilar a cada teste de me levar novamente para o que não acredito e que me tira da linha dos meus valores e ideais. É difícil essa mudança mas é um caminho que irmos fazendo com muita consciência e reflexão de que não vivemos sozinho e que o mundo não termina em nós e é preciso pensar em quem vem a seguir.

No seguimento desta pergunta e da reportagem da Linha da Frente “A Invasão da Agricultura Insustentável.”, da 5ªfeira, dia 15 de Abril, na RTP tenho a certeza de que de que ainda temos todos um grande caminho pela frente e muitas pessoas ainda precisam de chegar à sua abertura de consciência para a mudança.

Reflitam sobre este questão, sobre o nosso consumo sem medida e demasiadas vezes sem necessidade, da nossa alimentação muitas vezes exagerada e percebam onde podem ir mudando de hábitos para que a mudança aconteça e possamos cuidar do que nos dá a vida.

Parece que a SIC vai passar também, durante a próxima semana, uma reportagem sobre este assunto.

https://www.rtp.pt/play/p8165/linha-da-frente