Druidísmo

OS DRUIDAS E A SABEDORIA DOS CELTAS

Druídas: o Bosque, Lugar Sagrado

A Árvore

A floresta céltica é um verdadeiro santuário. As árvores são o elo de ligação entre a terra e o céu e delas brotam as energias da vida universal.

” A árvore representa uma manifestação muito especial das forças e do poder divino. Foi venerada em todas as culturas e em todos os tempos e esteve, desde os primórdios, intimamente relacionada com o Destino do homem. Nos seus primeiros tempos históricos, a Europa estava coberta de enormes selvas nas quais apareceram raras clareiras, como ilhas num mar verde. Nesse tempo, a vida do homem estava estreitamente ligada à selva e às árvores. A árvore alimentava a chama e, até há bem pouco tempo, a madeira e o carvão de madeira eram os únicos combustíveis. Por isso, a árvore fornece luz. E as abelhas que habitam nas árvores produzem mel e cera. Além disso, as árvores proporcionam alimentos básicos, não só frutos e bagos, mas sobretudo landes que se transformam em farinha e pão. Cedo se aprendeu a resinar as árvores e a transformar a resina em breu, alcatrão, perfumes, aromas e incenso. O homem viveu durante muito tempo com a árvore numa simbiose intensa. Por esse facto agradecia a sua presença, e via nela a origem do Mundo. ” «Simbolismo das Árvores”. Revista Nova Acrópole nº 49, 1991

O Carvalho

O carvalho é a árvore consagrada às entidades celestiais. Zeus tinha um carvalho sagrado, em Dodona, tal como Júpiter no Capitólio de Roma. Símbolo da força e da realeza, o carvalho tem também a particularidade de fornecer o visco sagrado, denominado por vezes “a água do carvalho”. A árvore tem, na simbologia universal, uma analogia com o Eixo do Mundo, que faz a ligação entre os três mundos – o subterrâneo, o terreno e o celestial. Segundo Plínio o Velho, o nome grego dris, que significa carvalho, estaria ligado à etimologia do nome druida. Não deixa de conter alguma verdade a associação que somos levados a fazer entre o carvalho e o druida – a sabedoria e a força, pois, como diz um antigo axioma brahmânico, “o poder pertence àquele que sabe”.

O Cipreste

“Agora estamos aqui e depois passamos a estar noutro lado, de outra forma e noutro serviço.”

“O Cipreste ensina-nos que tudo sempre existiu e vai continuar a existir. “

“Um bom óleo essencial de cipreste ajuda-nos a queimar tudo o que é velho em nós.”

cypress doterra
Óleo Essencial de Cipreste dōTERRA – 15ml – 22€
Para encomendares contacta-me 914083761

Fonte do Texto: https://www.revistafenix.pt/os-druidas-e-a-sabedoria-dos-celtas/?fbclid=IwAR0tWTd4g3LhM00M2qqAkQrDwkuT4xhK3289z056Fx1WUrMorxUkXh1hAWs

Fonte da Imagem: https://static.quizur.com/i/b/58f510034fc9c9.43973427druidismo.jpg

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CAPTCHA